.

.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Colégio José Teixeira volta a sair na frente e implanta primeira escola de informática


A direção do Colégio Municipal José Teixeira, em solenidade realizada na Câmara, anunciou a implantação de seu laboratório de informática, o primeiro da Rede Municipal a serviço dos estudantes. Com o auditório lotado de alunos, pais e com a presença do Secretário de educação, Magno Melo, do assessor especial da secretaria, Antonio dos Reis e do vereador Alan Noleto,  a diretora do colégio José Teixeira, Susana Alves e Silva, destacou a importância da escola em adotar essa nova modalidade de ensino, enfatizando da plena necessidade que os estudantes têm em aprender informática e pouco a pouco se inserir no mundo digital.

O colégio oferecerá a disponibilidade de dois professores, ambos plenamente capacitados e 08 computadores. As aulas serão ministradas, inicialmente, duas vezes na semana, divididas em duas turmas, de segunda a terça-feira e de quarta a quinta-feira. Cada turma terá 15 alunos, dois alunos por computador, auxiliado com material de apoio, notebook e apostila.
O secretário de Educação, Magno Melo, classificou a implantação do laboratório como uma oportunidade ímpar dada pelo Colégio aos estudantes, aconselhando-os a se dedicarem com exclusividade, pois os frutos virão no decorrer do tempo. Antes de encerrar, o secretário prometeu apoiar a iniciativa da diretora Susana e também copiar sua ideia para as escolas da zona rural.

A empolgação dos alunos para verem o início das aulas está quase à flor da pele, que os digam Cícero Ribeiro (13) e Alessandra da Silva Carvalho (09), ele estudante do 8º ano, ela do 4º. "Quero desenvolver um pouco mais do já sei, pois já sou um pouco avançado, e quero trabalhar com internet", diz ele. Ela, também sonha: "Quero desenvolver ainda mais os meus conhecimentos."  
O projeto, já denominado de Inclusão Digital, oferecerá os cursos do Windows 7, pacote office 2013 (Word, Excel, Powerpoint), internet e suas ferramentas. Segundo o analista de desenvolvimento de sistemas, professor Ismael Dória, os são cursos básicos para o estudante ingressar no mercado de trabalho, porém essencial. Os computadores que estão sendo disponibilizados estavam ociosos há alguns anos, eles faziam parte de um programa sem sucesso de inclusão digital do Governo Federal. As máquinas tiveram que passar por adaptações com a instalação de novos programas. A ideia tem tudo para dar certo e fazer germinar novas esperanças em mentes que só querem oportunidades para fazer acontecer.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário