terça-feira, 27 de novembro de 2012

História de Vida: Daguia e a paz no Oriente Médio...

Antonio José Mendes Daguia

Em Recife antes da partida
                Os recentes conflitos envolvendo judeus e palestinos pela soberania da região noticiado de forma generalizada em todo mundo me fez lembrar de uma bonita história narrada por um ‘tuntuense’ há cerca de 10 anos quando ele fez parte de uma missão internacional de paz  na atual região em conflito, a Faixa de Gaza, território ocupado pelos  palestinos, mas de parcial autonomia israelense desde o fim da Guerra dos Seis Dias, em 1967, que envolveu várias nações opostas a criação do Estado Judeu. O protagonista da narrativa já está radicado em Tuntum há mais de 40 anos, Antonio José Mendes Daguia,  filho da cidade de Anajatuba, baixada maranhense. Hoje pela manhã fui até sua casa ouvir por mais uma vez a história que marcou a vida desse tuntuense por adoção.

  Antes de começar a gravar percebi apreensão na sua face já enrugada, voz um pouco trêmula e os olhos com sinais de lacrimejamento, era a saudade do passado distante do então jovem militar aliado ao peso dos seus 68 anos de idade. Servir o exército não era para todos, poucos conseguiam passar pela peneira das exigências e ser honrosamente incorporado, desejo de todo pai de família, assim aconteceu com Daguia  que foi recrutado para o serviço em São Luis, no dia 7 de julho de 1963. No ano de 1964 a crise se intensificava no Oriente Médio, região localizada na Ásia Ocidental composta por 15 países. A desavença milenar entre os povos daquela região há pouco tempo havia ganhado um novo capítulo tendo como estopim dessa vez o Canal de Suez, eixo de navegação marítima entre o Oriente e o Ocidente atualmente sobre o domínio egípcio.  Em razão da crise a quase recém criada Nações Unidas pediu ajuda internacional e o Brasil foi um dos países convocado a enviar uma força de paz composta por 530 homens. Por merecimento e disciplina Daguia foi um dos selecionados para participar da Missão de Paz no Oriente Médio, especificamente na Faixa de Gasa, área ocupada pelo Egito na época. Em 12 de setembro de 64 ele pisava em solo egípcio.
Daguia a direita ao centro

                - Nós saímos de São Luís e fomos para Recife, lá passamos um mês inteiro recebendo instruções, nós éramos 13 maranhenses, era tudo misturado, piauiense tinha só o coronel Irapuá. Tinha oito cearenses, o restante era paraibano, pernambucano e alagoano. Era só gente do nordeste porque o Castelo Branco quando era presidente da república exigiu um contingente só do nordeste, porque antes só saia do sul e sudeste, esse foi o primeiro a sair do nordeste, o 15º contingente, narrava Daguia.

                Sob a revista do general Costa e Silva, em Recife, comandante do 4º Exercito, a tropa embarcava para o Egito cheia de ânsia e sonhos, imaginavam que a viagem traria bom retorno financeiro durante a estada, fato que não aconteceu. Cada soldado recebia mensalmente somente 108 dólares livre de todas as despesas. O governo do presidente Gamal Abdel Nasser  dava 11 libras egípcia de gratificação, o salário  mínimo de lá era equivalente a 7 libras. A missão específica era a de impedir que o povo árabe saísse da Faixa de Gaza e entrasse no território judeu. O grupamento ficava entre o fogo cruzado dos dois países, numa fiscalização permanente de 24 horas. Cada militar brasileiro portava um fuzil de alavanca e um binóculo de alcance, a área de vigilância compreendia 16 quilômetros, nos postos de observação ficava um telefone a disposição para chamar reforço caso ocorresse alguma ameaça de invasão do espaço israelense.
Jardim das Oliveiras

                - Durante a noite muitos tiros eram ouvidos, mas em áreas de vigilância de outras nações. Nós não tínhamos  tempo pra quase nada, chegamos a sair algumas vezes para visitar os pontos turísticos e fotografar. Estive no túmulo de Jesus, lavei o rosto no Rio Jordão, tomei uma caneca de água do Poço de Jacó. Nessa época toda área ainda pertencia ao Egito. Quando não estávamos trabalhando nós aproveitávamos o tempo livre para escrever aos familiares, eu mandei muita carta e também recebi muita, quase não demorava pra chegar a resposta, contou.
Jerusalém: Igreja das 12 Nações



               Em reconhecimento pelos bons serviços prestados durante a missão de paz Daguia foi condecorado por um antigo órgão (Unesp) da ONU recebendo uma medalha, prova de sua eficiência  durante os 11 meses de lealdade  ao povo árabe. Retornou a Pátria Amada em 12 de agosto de 1965 para pouco tempo depois ingressar na Polícia Militar vindo parar em terras tuntuenses  por designação do coronel Godin.
- Eu estava a duas semanas trabalhando com o coronel Godin depois de ter chegado de Barreirinhas quando apareceu José Uruçu, ele estava acompanhado de Júlio Dantas e o seu filho Mazim Uruçu, queriam reforço policial, conversaram comigo e me convenceram a viajar, relatou.
Retornando ao Caíro
  Atualmente o ex expedicionário de paz está aposentado por idade, mas ainda trabalha como motorista, função adquirida por meio de concurso público municipal.  Do casamento com Raimunda Gonçalves Daguia tem seis filhos. Daguia  não ganhou fama, muito menos dinheiro, mas descobriu que não há limites quando a luta encabeça os sonhos para voar mais  alto e descobrir novos horizontes.
Á porta do Batalhão Iuguslavo
     
Honra:medalha (1ª) recebida pela ONU
Terço que trouxe de Jerusalém
               

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

2014: pesquisa aponta vitória de Flavio Dino no 1º turno, mas ainda é cedo

  Luís Cardoso

Flávio Dino, presidente da Embratur
O instituto Amostragem, com sede em Teresina (PI), que tem trabalhado para o PCdoB maranhense, acaba de tira do forno uma pesquisa eleitoral para 2014, faltando quase dois anos da sucessão estadual.
Pelos números do levantamento realizado entre os dias 15 a 17 deste mês, ouvindo 1.300 pessoas em 40 municípios, o presidente da Embratur ganharia no primeiro turno se a eleição de 2014 fosse hoje, no cenário estimulado. Na espontânea, ele aparece com 17%, contra 9,38% para Roseana (que não é candidata), 1,62% para Luis Fernando e 1,38 dados para o ministro Lobão.
Nos cenários da pesquisa estimulada envolvendo so nomes de Luis Fernando, Lobão, João Alberto e Gastão, Dino ganharia com folga, conforme o instituto.
Os números do Amostragem apontam ainda Lobão com o maior índice de rejeição 38,38% ;  João Alberto com 25,54%; Gastão Vieira 24,77%; Luís Fernando  20,77% e Flávio Dino, 12,62%.
Ocorre, porém, que o instituto Amostragem não tem lá  essas bagagens de credibiolidade nas consultas que tem feito no Piauí e no Maranhão.
Nesta última eleição, por exemplo, teve um série de contratempos nada favoráveis. Pesquisador e um supervisor chegaram a ser agredidos em São João do Piauí, onde estavam fazendo pesquisas de intenções de voto 
O  proprietário da empresa, João Batista Teles, não deu maiores explicações ao fato, mas os eleitores piauenses ainda andam desconfiados  com os métodos e resultados do instituto.
Ainda neste ano, o  promotor de Justiça da 5ª Zona Eleitoral do Piauí,  Rodrigo Roppi de Oliveira, pediu à Polícia Federal que fosse investigado suposto crime eleitoral praticado pelo Amostragem.
 
O promotor recebeu denúncias e deu parecer constantando que na última pesquisa em Parnaíba houve alteração da classe social, com a classe baixa sendo alvo das consultas em 70%. A média abaixa, em outro momento, chegou a cair para 20% do total de entrevistados. Ou seja, havia sinais de que a pesquisa estava sendo feita ao gosto do freguês.
 
A pesquisa para a eleição de governador que vai ac0ntecer somente em 2014, serve agora para fortalecer o nome do presidente da Embratur no Maranhão e junto ao Governo Federal, além de ampliar leques de apoio ou até atrair desde já aqueles que não sabem verdadeiramente de que lado estão.  É uma isca. Morde o peixe mais faminto ou apressado.
 
Se os números não forem  manipulados ou se o instituto não estiver sendo fiel ao seu parceiro político, Flávio Dino está bem na fita.
 
Mas não podemos esquecer exemplos mais recentes dos que largaram na frente (José Serra, até contra Dilma, Tadeu Palácio e Castelo agora em 2012, Roseana contra Jackson) e terminaram na reta final como cavalos paraguaios

sábado, 24 de novembro de 2012

Prefeito eleito Eric Costa já busca alternativas para melhorar o sistema de abastecimento d`água em Barra do Corda


 
Barra do Corda (MA) – O prefeito eleito Eric Costa (PSC) se reunirá neste final de semana com o Diretor Regional da CAEMA, Dr. Erione Nascimento. A pauta da reunião será a constante falta d'água em Barra do Corda.

O novo prefeito tomará conhecimento da real situação sobre o abastecimento na cidade e quais as alternativas para começar a solucionar este que é um tormento para a população cordina. 
 
Eric Costa chega em Barra do Corda neste sábado 24, depois de compromissos em São Luís e Brasília, durante a semana.
Do Barra Newa 

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Corregedor Cleones Cunha recebe comissão do Incra, MST e Procuradoria da União

O corregedor-geral da Justiça do Maranhão, Des. Cleones Carvalho Cunha recebeu representantes do Incra, MST e da Procuradoria da União para uma reunião sobre as ações de desapropriações de terras no interior do Maranhão. As questões principais colocadas em pauta pela comissão referem-se a áreas na Região Tocantina.
De acordo com informações do Incra, representado na reunião pelo superintendente José Inácio Rodrigues e pela ouvidora Agrária Lucélia Karla Moura, a polícia estaria promovendo a realização de desapropriações em determinadas áreas sem estar de posse do mandado e decisões liminares da Justiça estariam sendo concedidas sem que o Incra e outras instituições fossem ouvidas.
“Estamos conseguindo derrubar na segunda instância algumas liminares relacionadas a áreas nas quais os moradores têm anos e anos de residência. Algumas áreas, cuja desapropriação é determinada em liminar, já estão até em processo de titularização”, comentou o superintendente do Incra, José Inácio Rodrigues.
O corregedor-geral Cleones Cunha informou à comissão que já foi enviado aos juízes orientação para que nesses casos sejam sempre realizadas audiências prévias de justificação e consulta aos órgãos competentes. “Sempre digo que a audiência de justificação e uma visita ao local, ainda que informal, é o melhor a ser feito nesses casos. A orientação sobre isso já foi enviada a todos os magistrados, mas, ainda assim, entrarei em contato com os magistrados responsáveis pelas decisões relacionadas às áreas indicadas por vocês para avaliar o que está ocorrendo”, se comprometeu o corregedor, lembrando que depois de proferida a decisão, não é correto a Corregedoria interferir.
As áreas em questão são: Ouro Preto, Cipó Cortado e Beira Rio, que são objeto de ações nas comarcas de Buriticupu, Senador La Roque e Montes Altos. “Sempre que se fica sabendo de uma liminar, a situação nas áreas fica tensa e possibilidade de conflito é levada em conta. Em Cipó Cortado, por exemplo, quando estávamos num clima bastante tenso, a sua ida [do corregedor-geral] ao local acalmou toda a comunidade”, relembra José Inácio Rodrigues. O corregedor-geral Cleones Cunha visitou a comunidade Cipó Cortado em junho, durante inspeção a algumas comarcas da Região Tocantina.
Para formalizar as solicitações da comissão à Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA), o corregedor Cleones Cunha pediu que um documento fosse preparado pelos representantes das instituições e enviado à CGJ.
Participaram da reunião, também, o procurador-chefe da União no Maranhão, Ivo Lopes Miranda, o advogado da União Ewerton Pacheco, o coordenador do programa Terra Legal no Maranhão, Jowberth Alves, e representantes do MST e das comunidades em questão.
Da Ascom da CGJ

Maranhão tem a pior escola do Brasil


O Centro de Ensino Aquiles Lisboa, do município maranhense de São Domingos do Azeitão, foi considerado a pior escola do Brasil, na média geral do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2011. A lista, com 10.077 escolas públicas e privadas de todo país que tiveram participação de mais de 50% dos alunos, foi divulgada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) na quinta-feira (22).

Os dados levam em consideração alguns critérios, como as médias da prova de matemática, de códigos e linguagens e redação, e avalia, também, a taxa de participação dos alunos no exame. No caso da escola de São Domingos do Azeitão, apenas 52% dos alunos participaram do Enem. A média da prova de matemática foi de 397,69 pontos e a da prova de redação foi de 334 pontos. Já na de Códigos e Linguagens a média foi de 407,49. A média geral foi de 383,71 pontos, numa escala que vai até 1.000.

Outras quatro escolas do Estado do Maranhão ficaram entre as 10 piores escolas do Brasil no exame: O Centro de Ensino José Maria Araújo – Anexo I, em Olinda Nova do Maranhão, teve o 3° pior desempenho, com média geral de 393,52 pontos; Na 5° posição está o Centro de Ensino Maria do Socorro Almeida Ribeiro Anexo III-Limão, em Centro Novo do Maranhão, com 394,55; na 6° colocação Centro de Ensino Leda Tajra-Anexo Juçara, no município de Buriti Bravo, com 396,54 pontos e em 10° lugar, o Centro de Ensino Lucas Coelho, em Benedito Leite, com média geral de 397,20 pontos.

Melhores escolas do Brasil e do Maranhão

Entre as escolas com melhor desempenho em todo Brasil aparece, em primeiro lugar, a escola Objetivo Colégio Integrado, colégio privado da cidade de São Paulo, com média geral de 737,15 pontos.

Já numa de lista das 100 melhores escolas brasileiras em média geral no ENEM 2011, apenas 10 são públicas. Na média da prova de matemática quem apareceu em primeiro lugar foi a escola Objetivo Colégio Integrado, com média de 847,57 pontos . Quanto à prova de Redação, a primeira colocada foi o Colégio Elite Vale do Aço, de Ipatinga (MG), com média de 830,37 pontos.

No Maranhão, a melhor colocação foi a do Centro Educacional Montessoriano Reino Infantil, na posição 165, com média geral de 643,62 pontos. Dentre as melhores escolas do estado, aparecem, ainda, a Escola Crescimento, o Centro de Ensino Upaon-Açu, o Colégio Educator, O Colégio Dom Bosco e o Instituto Federal do Maranhão (IFMA).

As escolas que tiveram menos de 10 alunos participantes, não tiveram suas pontuações divulgadas.

Com informações do Imirante

Cuatt’s realiza III feira do artesanato com a presença do prefeito eleito Dr. Tema e do vice Ciro Ricardo.




                O Centro Urbano de Apoio aos Trabalhadores Tuntuenses – Cuatt’s – realizou hoje mais uma feira de artesanato expondo os produtos que são anualmente confeccionados pelos jovens trabalhadores e aprendizes. O stand de vendas ficou exposto em frente ao próprio centro chamando a atenção de quem passava pelo local. Na oportunidade os jovens aprendizes despertavam o público com apresentações culturais, como o jovem talento musical Rodlfo que interpretava desinibidamente canções sertanejas.



                A avenida frei Aniceto passou a perder seu espaço para o fácil tráfego de veículos e pedestres depois da chegada do prefeito eleito Dr. Tema e do vice Ciro Ricardo que foram conferir de perto os atrativos da feira, além de comprar alguns produtos. O prefeito e o vice  gostaram do que viram e elogiaram a iniciativa da direção do centro, mas o que chamou mesmo a atenção dos futuros gestores municipais foi o talento do garoto Rodolfo que foi assediado pelos dois com muitos elogios. Presentes também estiveram a primeira dama Maria Suami, o secretário de Agricultura Paulo Duarte, a assistente social Marinete Freitas, a coordenadora geral de educação Maria José representando o secretário de Educação, diretores de escolas e a comunidade em geral.
Prefeito eleito Dr. Tema e o vice Ciro Ricardo

Garoto rodolfo fazendo sua apresentação


                No único stand de vendas ainda era possível encontrar bons produtos domésticos como pano de pratos bordados e com renda ao preço de R$ 15.00, tapetes de tricô e até quadros. O Cuatt’s é uma instituição filantrópica que tem almejado facilitar a vida de crianças carentes oferecendo cursos de formação profissional e reforço escolar.
Maria Suami, Marinete Freitas e Paulo Duarte
Dr. Tema e Ciro Ricardo elogiando o garoto Rodolfo

       

Superclássico dos Cocais

Do Blog do Atalanta



Confirmado para o próximo dia 15/12/12 às 17:00 horas no estádio Temão o maior clássico da região dos Cocais Atalanta x São Raimundo em disputa do primeiro troféu do superclássico que levará o nome do jogador Gustavo ( falecido este ano ).


 Este superclássico vem agitando a os boleiros da cidade pois será a oportunidade neste ano atípico para o futebol de assistirmos um grande jogo entre estas duas equipes que tantos campeonatos já decidiram. A equipe do Atalanta vem treinando forte para esta partida e já no sábado dia 24/11/12 jogará um amistoso na cidade de Alto Alegre- MA.

 Para este superclássico o Atalanta vai contar com  meia  atacante  Thiaguinho que estar de férias na cidade depois de uma ótima temporada jogando pelo Mirassol de São Paulo, e o meio campista Henrik Cruz ,mais detalhes desta partida e a preparação da equipe do São Raimundo postaremos nos próximos dias.

Genilson Pereira Araujo

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Dr. Tema, Ciro Ricardo e vereadores serão diplomados dia 12 próximo.




Dr. Tema e Ciro Ricardo -  (foto tuntumnews)

                Em contato com o Cartório Eleitoral da 79ª Zona foi informado pela funcionária Rosália Ribeiro, chefe de cartório, de que todos os eleitos e reeleitos nas eleições de 3 de outubro serão diplomados no próximo de 12 de dezembro.
                Segundo ela a Justiça Eleitoral já está preparando a entrega dos convites para a solenidade que se iniciará com uma missa de ação de graças na Igreja Matriz, as 18:00h. A diplomação está marcada para ocorrer as 19:00h, no auditório do prédio da Secretária Municipal de Saúde. A solenidade será presidida pelo juiz Pedro Henrique Holanda Pascoal, titular da comarca.
Juiz Pedro H. Holanda Pascoal - (foto TJ)

                Entre os que serão diplomados está o prefeito Eleito Cleomar Tema Carvalho Cunha (Dr. Tema), o vice prefeito eleito Ciro Ricardo Araújo Figueiredo, os 11 vereadores eleitos e reeleitos e mais dois suplentes de cada coligação.
                    

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Política: Apoios consolidarão fácil vitória de Nélson do Nanxin a presidência da Câmara.

Alan Noleto e Nélson do Nanxin


Tudo indica que não haverá atropelos e nem disputa pela presidência da Câmara Municipal, é o que diz o atual cenário político como comumente ocorre em início de legislatura, logo porque a oposição tem um número bem inferior de representantes, quatro peças sem a mínima condição de esboçar qualquer reação diante de uma situação coesa com um número superior de sete membros. A candidatura de Nélson se delineou após a eleição com o irreversível apoio do prefeito eleito Dr. Tema que vê a sua pessoa como a ideal para conduzir o legislativo em razão de sua experiência como assessor do pai á época em que foi presidente, além da fidelidade e forte caráter.
        Para, pelo menos, tentar melar os planos de Nélson a oposição teria que se estrebuchar no sentido de cooptar dois vereadores da base pregando uma teoria pouco promissora, a da insatisfação entre os eleitos mais antigos lhes oferecendo apoio a candidatura da presidência e vice-presidência com a alegação do mérito da antiguidade.  Marcos do Carlito, Arteniza do Alan e o decano José do Feliciano poderiam ser os alvos da esquerda para serem usados na suposta trama para desarticular a futura vitória de Nélson do Nanxin. Agora pouco eu conversei com o vereador eleito Josivan Sem Terra e ele me assegurou que tem pretensões de votar em Nélson como ele já havia prometido anteriormente. Isso demonstra que a oposição está sem forças até para conspirar, como fez por algumas vezes no passado. 
Josinaldo Bílio

                Em conversa com o ex vereador Alan Noleto, esposo da vereadora Arteniza, ele afirmou com contundência que sua esposa vai seguir a orientação do grupo e de seu líder, o prefeito Dr. Tema. ‘A Arteniza vai seguir a orientação da liderança do grupo que é o prefeito, logo porque ela não é candidata, e o que o grupo decidir será este o caminho que iremos tomar’, afirmou. O decano José do Feliciano afirmou que não é candidato e apoiará a indicação do grupo. ‘Eu não sou candidato e o que o grupo decidir juntamente com o prefeito tem o meu apoio’, falou. Para o articulador e futuro homem forte do governo, Josinaldo Bílio, a eleição do vereador sertanejo é dada como certa. ‘Todos os vereadores eleitos e membros do governo, sem exceção, apóiam a candidatura do Nélson, é uma eleição certa e garantida’, disse Bílio. Até o momento ainda não foi anunciando a composição de toda chapa que concorrerá à eleição da mesa diretora.