segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

PRESIDENTE DUTRA: Raimundinho da Audiolar formará chapa com Aírton Notria; pré-candidatura de Raimundinho cresce ainda mais

Raimundinho da Audiolar e Aírton Notria 

O clima político em Presidente Dutra, distante da capital 350 km, passou a ser outro depois da indicação do nome do empresário Aírton Notria como pré-candidato a vice na chapa do também empresário Raimundo Carvalho, o Raimundinho Audiolar. Alguns aliados e oposicionistas estão classificando a união dos dois maiores empresários da região como uma estratégia muito oportuna e bem sucedida, inclusive pode desestruturar as ambições políticas do prefeito Juran Carvalho, ainda sem um nome definido para substitui-lo.
Para quem não sabe, a composição da futura chapa nasceu de um acordo entre os dois empresários há mais de dois anos, em que o segundo colocado nas  pesquisas seria o vice do outro.  
Se o nome de Raimundinho da Audiolar já estava tirando o sono do grupo do prefeito, a dose foi reforçada depois que Notria manteve o acordo de pé para compor a chapa de Raimundinho. A decisão de Notria agregou valores e força política, já que seu nome têm grande aceitação popular. 
Para muitos, a união dos dois, pode ter sido um golpe duro nos planos da situação, que até agora em face da instabilidade que vive, principalmente depois de algumas desistências de seu elenco, não teve chances de definir o nome que vai representar o grupo, criando embaraço e desestímulo no eleitorado diante de tanta indecisão.
Como não há uma reação sem ação, é possível que o comando do grupo do prefeito tentará dar uma resposta à altura, e, no mínimo, tentará cooptar uma figura de grande valia da base que supostamente irá apoiar Raimundinho. As línguas mais ferinas, que é comum nessa época, afirmam que a ex-prefeita Irene Soares pode passar a ser "assediada" politicamente, já que ela comummente gosta de participar do processo, mesmo que seja de forma indireta, como indicando alguém na formação da chapa. Só que fontes próximas afirmam que a "ex-dama de ferro" de Presidente Dutra vai manter-se fiel ao seu projeto oposicionista ao prefeito Juran.   
O jogo das principais estrelas no cenário político de Presidente Dutra para as próximas eleições, no momento, está parcialmente indefinido, estando somete classificado para a disputa Raimundinho da Audiolar, faltando a ala da situação apresentar seu principal 'jogador'. Em nível de pré-campanha, Raimundinho se saiu bem e aplicou, inicialmente, um xeque-mate em seus adversários, que até agora estão esperando a poeira baixar para tentar reagir.    

Placa Mercosul: saiba o que muda com o modelo adotado em todo o Brasil


Na próxima semana, a placa Mercosul estará valendo em todo o território brasileiro, em substituição ao modelo cinza.
Conforme o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a data-limite para adequação dos Detrans (Departamentos Estaduais de Trânsito) ao novo modelo de identificação veicular está mantida para a próxima sexta-feira. Não há previsão de novo adiamento.
Criado em 2014, o padrão Mercosul já é utilizado há mais de um ano no Brasil. A estreia foi em setembro de 2018, no Rio de Janeiro, e hoje já está disponível em outros dez Estados: Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia e Rio Grande do Sul.
Mais de 4,8 milhões de veículos já circulam com a nova placa no País, informa o Denatran. O formato também é adotado na Argentina, no Paraguai e no Uruguai, com algumas diferenças em relação à versão brasileira.
Mas o que muda na vida dos brasileiros com o padrão Mercosul? Confira abaixo quando a placa terá de ser instalada nos veículos, as diferenças para o modelo cinza no que se refere à segurança e se a placa ficará mais cara ou mais barata ao consumidor.
Conforme a Resolução 780/2019 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), a partir da virada do mês a placa Mercosul será obrigatória no emplacamento de veículos novos.
Por sua vez, quem possui placa cinza terá de substituí-la pela Mercosul quando houver mudança de categoria do veículo ou furto, extravio, roubo ou dano do dispositivo. A troca também está prevista em caso de transferência do registro para outro município ou Estado.
Porém, os proprietários que já utilizam a placa Mercosul não terão de comprar outra nessa circunstância, já que o padrão não exibe a cidade onde foi realizado o emplacamento.
Pessoas que desejam trocar voluntariamente também podem aderir ao novo modelo.
UolNotícias

PM que matou companheira e amigo dela diz que relação estava fria e que separação consensual já estava acertada


O policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, de 30 anos, que matou a companheira e o amigo dela, disse que a relação estava fria e que havia decidido se separar, de forma consensual, sem atritos, na noite de sexta-feira (24), mas que ele ficaria no apartamento até conseguir outro lugar para morar. A revelação foi feita em depoimento durante a autuação em flagrante na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP).

Bruna Lícia Fonseca Pereira, com quem o PM mantinha uma relação estável há dois anos, e o amigo, José Willian dos Santos Silva, foram mortos a tiros pelo PM dentro de um dos quartos do apartamento, por volta das 14h desse sábado (25), no condomínio Pacífico 1, no bairro Vicente Fialho, em São Luís. No momento do crime, eles estavam mantendo relação sexual e foram flagrados pelo PM.

Carlos Eduardo ingressou na PM no ano de 2017 e era lotado no 1º BPM, no bairro Anjo da Guarda, em São Luís.

Confira alguns trechos do depoimento do PM:

— O casal mantinha uma relação estável há dois anos. Quando eles se conheceram Bruna já trabalhava na empresa Equipar;
— No início do relacionamento tudo correu bem, mas, com o passar do tempo, foi esfriando;
— Em consenso, o casal decidiu que iria se separar;
— Na sexta-feira (24), ele conversou com Bruna e resolveram se separar definitivamente;
— No sábado (18), ele chegou a retirar suas roupas e objetos pessoais do apartamento, indo para a casa da mãe;
— No mesmo dia, resolver voltar para o apartamento até arranjar um local definitivo para morar;
— A separação estava ocorrendo de maneira pacífica, sem ofensas de nenhuma parte;
— Ele passou a noite de sexta-feira (24) no apartamento, juntamente com Bruna, e dormiram no mesmo quarto. Nessa ocasião, decidiram se separar definitivamente;
— No sábado (25), por volta das 6h20, ele saiu para trabalhar, saindo do condomínio em seu veículo Fox, sendo que Bruna ficou no apartamento, sozinha, pois ela não trabalhava todos os sábados;
— Ele iria trabalha no quartel até as 14h, mas resolveu sair meia hora antes para passar na casa do tio, Carlos Augusto, que estava aniversariando e teria um almoço em família. Ele resolveu sair rapidamente, pois iria em casa trocar roupa para retornar;
— Ele saiu direto para o apartamento. Chegando lá, abriu a porta, que estava destrancada, e entrou na sala, ocasião em que observou que lá se encontrava um colega de Bruna, conhecido como Lucas, que tentou fechar a porta, mas não deu tempo.

Presidenciável, Flávio Dino viajará o país com o Movimento 65; Gleise diz que ele pode ser o candidato do PT


Nome do PCdoB para a disputa da Presidência da República em 2022, o governador do Maranhão, Flávio Dino, dará início a uma série de viagens por estados do Brasil com o objetivo de lançar o Movimento 65, marca do PCdoB que tem por objetivo atrair apoio de pessoas e lideranças do chamado centro político.
O lançamento do “nome fantasia” – que aposta no verde e amarelo como cores predominantes, em detrimento do vermelho, cor oficial do PCdoB – está previsto para a próxima semana e, de acordo com fontes do partido, trata-se da primeira ação da legenda com o objetivo de buscar a formação da tão falada “frente ampla” para derrotar Jair Bolsonaro nas próximas eleições presidenciais.
Enquanto se busca a composição com partidos de centro, o PCdoB tenta não perder sua interação com o PT, depois de ter sido aliado nos quatro governos petistas e de ter sido o mais fiel apoiador quando a ex-presidente Dilma Rousseff enfrentou o processo de impeachment que tirou seu mandato. As rusgas com o PT têm ocorrido, embora haja tanto de Flávio Dino quanto de Lula um esforço para manter o diálogo. As divergências, no entanto, têm sido encaradas por integrantes do PCdoB como um desencontro de objetivos.
A ordem no PCdoB para os diálogos é “todos contra Bolsonaro”. Quem está contra o atual governo terá condições de participar do Movimento 65 e lançar sua candidatura pelo partido. Dino e Lula mantêm encontros na tentativa de formar uma frente ampla de partidos e lideranças empresariais contra o grupo hoje no poder.
Em dezembro de 2019, o Metrópoles informou a decisão do partido de adotar a nova marca em 2020, encobrindo as palavras “partido” e “comunista” de sua sigla e enfatizando o número do partido. Em recente entrevista, Flávio Dino, por sua vez, apontou a polêmica que se formou em torno do nome da legenda como “um passo que pode ser dado”. “O PCdoB de hoje já não é o do ano passado. Hoje, já não é o mesmo de 20 anos atrás, o que mostra que a mudança é uma lei da vida. Este processo está em andamento e acho que é um caminho necessário de reorganização da esquerda brasileira”, disse em entrevista ao Estadão.
A ideia inicial era mudar o nome do partido, suprimindo os dois termos. No entanto, essa discussão, que chegou a ser defendida internamente por alguns dos integrantes da cúpula do PCdoB, entre eles Orlando Silva e a vice-presidente da legenda, Jô Moares, não encontrou eco na base do partido. A adoção do “nome fantasia” representa um recuo na intenção de alguns membros da sigla de se livrar das palavras para formar um movimento mais amplo contra Bolsonaro, informa Luciana Lima no Metrópoles.
Gleisi diz que PT pode apoiar Flávio Dino presidente
Gleisi Hoffmann, presidente do PT, diz que Flávio Dino poderá ser cabeça de chapa nas eleições de 2022. É o que o informa o Valor, que a entrevistou.
A deputada afirmou que o PT trabalha com a reedição da candidatura presidencial do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, mas vê o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como uma alternativa.
Segundo ela, Dino pode ser chamado a compor como vice a chapa liderada pelo ex-prefeito de São Paulo, mas pode também conquistar o apoio petista como cabeça de chapa.

Saiba quem era a terceira pessoa que estava com esposa de PM e amigo mortos


O Blog do Gilberto Léda conseguiu acesso exclusivo a mais um detalhe do assassinato de Bruna Lícia Fonseca Pereira e de José Willian dos Santos Silva.
Ambos foram mortos pelo policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, marido de Bruna.
Segundo informamos mais cedo, José Willian chegou ao apartamento do casal acompanhado de um amigo, o que foi confirmado em depoimento pelo PM (reveja).
Trata-se de um jovem identificado como Lucas. Segundo as primeiras informações, ele também trabalhava na Equipar.
Antes do assassinato, ele chegou a registrar um momento de descontração entre os três na sala do apartamento onde moravam a esposa e o PM.
Ao chegar o local, o militar mandou que ele saísse do imóvel, e depois matou Bruna e José Willian.
GilbertoLéda

domingo, 26 de janeiro de 2020

Identificado homem que estava com esposa de PM quando foi assassinado


Já foi identificado o homem apontado como amante de Bruna Lícia, esposa do PM Carlos Eduardo.
Ele e a mulher foram assassinados pelo militar no sábado (25), após serem flagrados na residência deste (reveja).
Trata-se de Willian Santos. Ele era estudante de Ciências Contábeis, frequentava a Assembleia de Deus do 1º Conjunto da Cohab e tinha uma noiva.
Segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, Willian e Bruna trabalhavam juntos na Equipar, onde se conheceram. Profissionais da área de eventos contam que ambos já mantinham um relacionamento há alguns meses.
DoGilbertoLéda

sábado, 25 de janeiro de 2020

Secretário de Saúde, Fabrício Coelho esclarece matéria caluniosa sobre UBS do povoado São Bento em Tuntum



Em relação a matéria caluniosa e tendenciosa que usa a bandeira política para atacar, viemos informar a verdade; as instalações da unidade de saúde do povoado São Bento foi destruída por uma pessoa com problemas mentais, todos que residem no povoado São Bento sabe da verdade, foram destruídos vários itens incluindo banheiros, portas e janelas de vidro, essa mesma unidade tinha e tem programação para início da reforma ainda este mês, o calendario ja existia antes do ocorrido, pois o vereador Júnior Bilio nos enviou um requerimento aprovado pela Câmara dos Vereadores no mês de novembro, solicitando a reforma dessa mesma unidade.  Em apenas 5 meses a frente da Secretaria de Saúde reformamos 3 unidades básicas, melhorando o conforto e o atendimento de todos, levar saúde de qualidade ao povo do município foi o desafio dado a mim pelo prefeito Tema, e é sem dúvida minha principal meta, até o final de março estaremos com a unidade básica do povoado São Bento reformada, e assim como fizemos nos povoados São Lourenço e Marajá iremos realizar uma grande ação de inauguração com vários profissionais da saúde atendendo toda população, vamos avançar sempre com a verdade e com o trabalho.

Fabricio Coelho 
Séc.Municipal de Saúde.

Policial militar mata a esposa e amante após flagrar os dois em casa, em São Luís


Um policial militar, que ingressou na PM em 2017, matou a tiros a esposa e o amante dela, na manhã deste sábado (25), em São Luís.
O PM foi identificado como Carlos Eduardo Nunes. Antes de ingressar na PM, ele teria sido soldado da Aeronáutica, segundo informações do perfil dele no Facebook.
A mulher foi identificada como Bruna Lícia, que, segundo informações que consta no Facebook, seria gestora comercial da empresa Equipar. O amante da mulher ainda não teve a identidade revelada.
Segundo as primeiras informações, ele flagrou os dois em casa ao chegar do trabalho. O casal morava no condomínio Pacífico 1, no bairro Vicente Fialho, em São Luís.
O PM passou a morar com Bruna Lícia depois que ela encerrou um relacionamento anterior. Bruna teria sido atingida por dois disparos. O amante foi alvejado com cinco tiros no rosto.
O amante e a mulher eram amigos de trabalho. O casal foi flagrado porque o PM chegou mais cedo do trabalho.
Durante o curso de formação, segundo relato de amigos, o PM sempre apresentou um comportamento muito equilibrado e tranquilo.
O PM já se entregou e foi encaminhado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). (Com informações do Gilberto Lima)

Mulher morta chora durante velório e é enterrada viva no interior do Maranhão


Os moradores do povoado Porto de Areia no município de Tutoia, (MA) estão assustados com o caso da dona de casa Izelle Vilar, 18 anos. Ela teria dado sinais que estava viva quando era velada na residência da família. Izelle teria apresentado sinais de que estava viva e o corpo dela foi desenterrado e levado pro hospital da cidade de Barreirinhas.
Toda confusão teve início depois que Izelle, que estava grávida foi levada nesta quinta-feira, (23) para o hospital Lucas Veras para entrar em estado de parto. Ela deu a luz a uma criança que está viva e passa bem. No entanto Izelle não teria voltado da anestesia e então o médico teria atestado a morte da paciente.
SINAIS DE VIDA
Os familiares levaram o corpo para fazerem o velório na residência. Já nesta sexta-feira (24) os familiares acharam estranho o fato da vítima esta lacrimejando e também observaram que Izelle apresentava batimentos bem fracos. Mesmo assim não acreditaram que ela poderia esta viva e fizeram o sepultamento.
A notícia se espalhou na cidade toda e com a repercussão os familiares voltaram ao cemitério e trataram de desenterrar a jovem. O corpo foi levado para o hospital de Tutoia e depois levado para o hospital de Barreirinhas.  Naquele local o delegado determinou que o corpo de Izelle seja removido para o IML em São Luís, (MA) para ser submetido a autópsia.
Com informações do Silvan Alves

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Associação dos Comunicadores do Médio Mearim envia nota de repúdio


 A Associação dos Comunicadores do Médio Mearim vem a público repudiar através dessa nota todas e  quaisquer ações de quaisquer pessoas, especialmente  políticos e mandatários, que agem na intenção de coibir, intimidar, limitar, tolher ou vetar, de qualquer forma a liberdade que a Constituição Federal garante a Imprensa.

 Há menos de 24 horas um colega de imprensa blogueiro Nelsinho Paz a quem nós todos nos declaramos nesta nota solidários. Ele teve seu nome exposto e ridicularizado pelo simples fato de ter publicado uma matéria contrariando o interesse de uma administração de um determinado município da região do Médio Mearim (Poção de Pedras). E gerou uma situação que obrigou a ACMM tornar publica a presente nota. 

 Entendemos esse fato como tentativa de cerceamento e censura à Liberdade de Expressão da Imprensa, ferindo preceitos constitucionais, a Lei de Acesso à Informação, bem como o Código de Ética dos Jornalistas que tem como base primordial o direito fundamental do cidadão à informação pública.

 Vimos a público agora e viremos tantas vezes forem necessárias assumirmos o compromisso de combater essa prática nefasta de autoridades e/ou governos em nossa região e até mesmo em todo o Estado.

 Numa sociedade plural, livre e desenvolvida, todos devem respeitar o exercício do Jornalismo e da Imprensa, que realiza um trabalho indispensável à sociedade e que é garantia constitucional e pilar do Estado Democrático de Direito.

Associação dos Comunicadores do Médio Mearim (ACMM)

Jornalista Sérgio Noronha morre aos 87 anos de idade


Uma triste notícia surgiu na tarde de sexta-feira (24). Um dos maiores jornalistas esportivos do Brasil, Sérgio Noronha faleceu aos 87 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca.
A notícia foi confirmada por Arnaldo Cezar Coelho ao 'Globo Esporte', que lamentou profundamente o falecimento de seu grande amigo pessoal.
Perdi um amigo (chora). Conheci o Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 60. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando era juiz. Ali conheci ele. Depois ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo... A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda de frequentar a minha casa", contou.
DoTerra

Viúva de Gugu Liberato ganha direito de receber pensão de R$ 100 mil por mês


Rose Miriam, viúva de Gugu Liberato, morto em novembro do ano passado, ganhou o direito de receber uma pensão de 100 mil reais por mês após determinação da justiça.
A decisão foi tomada na 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por definição de valor equivalente ao que o apresentador deixou para a mãe, Maria do Céu, de 90 anos.
Segundo informações da Folha de S.Paulo, o despacho da decisão aponta que: “Satisfaz, ao menos para este momento, a equação de possibilidades do alimentante (espólio) e necessidades da alimentada”.
O pedido foi feito pelos advogados Nelson Wilians e João Vinícius Manssur, que representam Rose Miriam. De acordo com Willians, o resultado foi satisfatória. “A decisão foi sensível ao momento que passa Rose Miriam. Após a morte de Gugu, que era mantenedor dela e dos filhos, ela ficou sem recursos para manter as despesas de casa, já que a inventariante do espólio é a irmã de Gugu, que não repassou absolutamente nada para Rose”, afirmou, por meio de sua assessoria, à Quem
Procurada, a assessoria de Gugu Liberato, que também representa a mãe do apresentador e os filhos, afirmou que não tem declaração a fazer, pois o caso está correndo sob sigilo da justiça.
Entenda o processo
Após a morte de Gugu Liberato, Rose Miriam buscou entrar na Justiça para que a união estável com o apresentador fosse reconhecida e assim ela possa ter direto à herança dele. De acordo com o advogado Nelson Wilians, que representa Rose, o inventário havia sido aberto, mas a médica e as filhas menores do casal não tinham informações sobre o patrimônio e a administração dos bens.
Segundo o profissional, além de companheira de Gugu, por quase duas décadas, Rose também é a representante legal de Sofia e Marina, as gêmeas de 15 anos que teve com o apresentador, com quem também teve João Augusto, de 18 anos. (Quem)

Cantor Eduardo Costa revela que já fez sexo com adolescentes de 15 e 16 anos


Crédito: Reprodução/ Instagram
Sempre envolvido em polêmicas, Eduardo Costa, de 40 anos, aparentemente não sabe o que é pedofilia. O sertanejo foi alvo de críticas após afirmar que já se envolveu com adolescentes. Porém, em entrevista a Leo Dias, colunista do UOL, o cantor tentou se retratar. As informações são do Metrópoles,
Tudo começou quando Costa deu uma entrevista para o canal de Amanda Ferreira no YouTube. A moça perguntou se ele se envolveria com garotas mais novas. “Ah, claro! Claro que eu ficaria. Eu já fiquei com meninas de 15 anos, 16 anos. Assim, são meninas que têm uma cabeça diferente”, afirmou. “Tem meninas que têm 16 anos com uma cabeça de 12 e têm meninas com 16 anos com a cabeça de 20. Aí cabe ao homem diferenciar isto. O cara tem que ser diferente”, disse o cantor, que foi detonado pelas declarações.
À coluna de Leo Dias, Costa tentou explicar o envolvimento com menores de idade. “Foram duas. Mas eram namoradas. Em uma das situações, eu tinha 22 anos, ela 14 e namoramos por cinco anos. Na outra situação eu tinha 15 e namoramos por quatro anos. Foram namoradas muito importantes e que fazem parte da minha vida até hoje. Hoje jamais vou ficar com uma menor de idade, até porque hoje sou um senhor e tenho uma filha de 13 anos”, revelou.
Apesar disso, Eduardo Costa tentou se justificar sobre um “relacionamento” com menores de idade. “As pessoas levam o que a gente fala por um caminho totalmente diferente do que a gente quis dizer. Sou um cara totalmente respeitador. Sei que existem leis para serem cumpridas e eu sou um cumpridor das leis. E se eu me apaixonar por uma menina de 16 anos, vou a casa dela, conversar com pai dela e pronto. Quem sabe minha esposa ainda nem nasceu!?”, disse, sem saber que isso é crime.
E o sertanejo ainda completou: “Amor a gente não escolhe. Seria tão bom se a gente escolhesse quem a gente ama. Quando eu tinha 26 anos eu casei com uma mulher de 60”.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

A entrevista de Dino ao UOL/Folha…


Governador do Maranhão durante entrevista...
Governador do Maranhão durante entrevista…
Visto por aliados como o nome que vai furar a “bolha da esquerda”, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), admite não descartar uma chapa com o apresentador da TV Globo Luciano Huck para a Presidência, em 2022. Em entrevista no estúdio UOL/Folha, o político defendeu a aproximação com o centro para combater o que chama de “nazismo entronizado como política de Estado”. Ele rebateu críticas ao fato de ter mantido encontros com Huck para discutir sucessão presidencial e disse que prefere que o apresentador dialogue com ele do que com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
“Quando me reúno com Fernando Henrique, Luciano, Rodrigo Maia, não estou reunido com o indivíduo, estou mostrando que o segmento social tem representatividade”, afirmou. Nome cotado para a próxima disputa presidencial, Huck participou nesta semana do Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça) junto com lideranças mundiais.
Como foi a conversa com Luciano Huck?
Muito positiva, ele foi muito gentil, apresentou uma concepção dele acerca da necessidade de haver diálogo na vida brasileira, conversamos um pouco sobre essas experiências. Eu lhe convidei para visitar o Maranhão. Não houve debate sobre 2022 porque não tem sentido prático, temos uma estrada muito longa até lá.
O senhor entraria numa chapa com Huck?
Isso dependeria, na verdade, do arranjo político que estaria junto com ele, ou com qualquer outro personagem. Sozinho, não faço nenhum tipo de aliança. Integro um partido político. Não posso descartar [a chapa com Huck], primeiro porque seria mal-educado da minha parte. Em segundo lugar, porque eu não sei exatamente para onde o conjunto de forças da esquerda vai caminhar.
O que Huck e o grupo dele pensam é muito divergente do que a esquerda pensa?
Certamente, é bastante divergente do que nós pensamos. Luciano não é militante da esquerda brasileira. Ele é do campo liberal. As pessoas com as quais ele dialoga são desse campo, com outra visão em relação aos problemas econômicos do Brasil. Agora, isso exclui o diálogo, a possibilidade de, num segundo turno, um apoiar ao outro? No segundo turno, você escolhe aquele que está mais próximo da sua concepção.
O senhor entraria numa chapa com o PT, com Lula ou Fernando Haddad, em 2022? Está muito longe para discutir chapa para 2022, ainda não fui nem convidado. É desrespeitoso discutir chapa agora porque significa estabelecer uma de linha de chegada, antes mesmo da partida, acaba excluindo pessoas. É hora de fazer com que a esquerda retome a iniciativa na sociedade.
Nunca tivemos um período de tanto retrocesso em direitos. Nem na ditadura militar houve tanta destruição do direito dos mais pobres. Veja como é difícil dizer isso, porque sou visceralmente crítico da ditadura militar. Nós temos que conter isto, e não vai ser a esquerda sozinha, não vai ser o PT, ou qualquer outra liderança.
Haddad e a esquerda não erraram em nada?
Claro que errou, mas errar é humano. Errou sobretudo em não ter conseguido ampliar, no segundo turno, na disputa com Bolsonaro. Nós, infelizmente, agregamos menos apoio do que ele. Não houve uma preparação para isto, talvez porque não houvesse a compreensão plena de que isso é imprescindível. Agora está demonstrado que é e eu não quero repetir 2022 a história de 2018, porque aí não precisa nem de eleição, a gente perde logo de saída.
Alguns aliados dizem que não seria possível a eleição de um integrante do Partido Comunista do Brasil para presidente. Também dizem que o comunismo é anticristão.

Os mesmos que diziam que eu não posso concorrer à presidência pelo PC do B são aqueles que achavam que eu jamais seria governador do Maranhão pelo PC do B. Nós vencemos, com o apoio de católicos, evangélicos e de outras religiões. Isso não constitui um obstáculo. Não é verdade que o PC do B seja um partido antirreligioso. Não vou discutir o que, no século 19, no país X ou Y foi feito. Nós somos um partido que tem pluralidade de várias religiões.

Mulher sem mãos e pernas tem pedido de benefício negado pelo INSS por não poder assinar papel



Uma mulher sem mãos e pernas teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.

Em entrevista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição, a ex-sinaleira Cleomar Marques conta que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis.

"Uma servidora puxou os papéis e perguntou: 'quem vai assinar? Você assina?'. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: 'ah, então não vale'. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora", afirma.

O INSS foi questionado a respeito da frase que, segundo Cleomar, a servidora falou, mas não respondeu até a última atualização desta reportagem.

Mesmo com a negativa do INSS, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência,que também foi indeferido por ela ter uma renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50.

À Rede Amazônica, o INSS informou que a renda foi apurada com as informações do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo.

Em um terceiro requerimento, a ex-sinaleira teve a solicitação de benefício indeferida porque o INSS alegou "falta do período de carência".

Cleomar diz que precisa do auxílio do INSS, pois não pode trabalhar e sua filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho, por exemplo. Atualmente, mãe e filha dependem de doações para sobreviver.

"Olha, é um constrangimento para mim tudo isso. Eu trabalhava, tinha minha vida e agora sou dependente dos outros. É a minha filha, única que mora comigo, que faz tudo para mim", desabafa.

Amputações dos membros

Cleomar trabalhava como sinaleira em uma das usinas de Porto Velho e, de uma hora pra outra, passou a sentir dores fortes no estômago. Ela foi várias vezes na emergência e o médico desconfiou de uma gastrite.

A mulher então fez um novo exame e foi informada que seu problema poderia ser Helicobacter pylori, uma bactéria que aparece na mucosa do estômago. Em uma outra consulta o médico informou que o problema era na vesícula.

A dor continuou e, após idas e vindas na emergência, Cleomar pediu para ser internada no pronto socorro do Hospital João Paulo II.

Foi então que os médicos decidiram operar a paciente. Após a cirurgia, Cleomar entrou em coma, teve infecção generalizada e os membros foram necrosando. Quando acordou não tinha mais os membros inferiores e superiores.

"Quando eu acordei eu já estava assim [amputada]. Abriram tudo em mim, mas eu não vi nada. Só lembro de entrar na sala de cirurgia", diz.

O que diz o INSS?

Segundo a assessoria de comunicação do INSS, foi solicitado ao instituto um auxílio-doença para Cleomar e este foi indeferido por falta de período de carência, no ano passado. Depois, um novo benefício foi solicitado, também sendo indeferido por apresentar renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo.

Ainda segundo o INSS, a renda da família foi apurada em razão das informações constantes do cadastro único para programas do governo federal.

O INSS informou ainda que atendeu pessoalmente a filha de Cleomar e foi informado que um novo requerimento poderia ser feito se houvesse alteração da composição do grupo e também da renda familiar junto ao Cadúnico.

Ainda segundo o instituto, Cleomar agora pode procurar o INSS, pois poderá solicitar o requerimento de um novo benefício.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020


Luís Fernando Pinto dos Santos, desbravador adventista, morador da Rua Castelo Branco, bairro Mocó, na didade de Coroatá, no Estado do Maranhão, foi levar um prato de comida ao vizinho  José Augusto de Oliveira da Silva, por volta das 21h de ontem (21).
Neste instante, dois bandidos invadiram a casa a procura de José Augusto Oliveira da Silva. Os vizinhos ouviram 9 disparos de arma de fogo dentro do imóvel. Dois deles acertaram o lado direito do tórax do garoto que morreu no hospital de Coroatá após ser socorrido.
O vizinho do menino José Augusto continua internado no hospital macrorregional de Coroatá.  Ninguém foi preso, nem identificado até agora. A polícia intensifica as buscas para localizar os criminosos no município de Coroatá.  (Com informações do jornalista Antônio Silva.)
Confira o vídeo com a entrevista da mãe do menino: 

Avaliação positiva de Bolsonaro cresce, mostra pesquisa


(Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles)
Pouco mais de um ano após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tomar posse, 34,5% dos brasileiros avaliam positivamente a atual administração e 31% negativamente. É o que mostra pesquisa realizada em janeiro pelo Instituto MDA a pedido da Confederação Nacional do Transporte.
O resultado mostra uma melhora nos indicadores do governo em relação à última pesquisa divulgada pelo instituto. Em agosto do ano passado, o governo Bolsonaro era visto como positivo por 29,4% dos eleitores e como negativo por outros 39,5%. O levantamento foi realizado entre os dias 15 e 18 de janeiro, com 2.002 pessoas, em 137 municípios.
Já em relação ao desempenho pessoal do presidente, a aprovação saltou de 41% em agosto para atuais 47,8%, enquanto a desaprovação caiu de 53,7% para 47% no mesmo período.
Combate à corrupção, economia e segurança foram citados pelos entrevistados como as áreas de melhor desempenho do governo em seu primeiro ano. Por outro lado, saúde, educação e meio ambiente aparecem como áreas de pior desempenho da atual administração.
A pesquisa também perguntou aos entrevistados em quem votariam para as eleições presidenciais de 2020. No cenário espontâneo, em que não são apresentados nomes de candidatos aos eleitores, Bolsonaro lidera, com 29,1% das menções. Na segunda posição, aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 17%.
A pesquisa da CNT (Confederação Nacional dos Transporte) foi encomendada ao instituto MDA. O estudo ouviu 2.002 pessoas, de 15 a 18 de janeiro, em 137 municípios de 25 Unidades da Federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, segundo o instituto.
Com informações do InfoMoney

TROFÉU MIRANTE: Atleta Hiago Vinícius, filho de Tuntum, pode ser indicado amanhã (23) ao prêmio


A exatos 6 anos atrás Tuntum conhecia sua primeira atleta a conquistar um Troféu Mirante. Para quem não sabe, o referido é a maior honraria que um atleta de qualquer modalidade pode vir a ganhar a nível de estado. Tal indicação se deu após três anos de muito destaque na modalidade de Damas. Nazya foi por muito tempo, entre tuntuenses a maior campeã maranhense e alcançou no dia 22 de janeiro de 2014 o tão sonhado Troféu após o seu tri Campeonato maranhense de Damas.
Názya, última tuntunense a ganhar o troféu
Amanhã, dia 23 de janeiro no Teatro Artur Azevedo será divulgado os maiores destaques estaduais em cada modalidade, na oportunidade, Tuntum pode ganhar mais um atleta no rol dos grandes destaques maranhenses.

O jovem atleta Hiago Vinicius da Escola Beretta de apenas 13 anos, após ano de muito destaque, com quatro títulos de circuito Maranhense, dois títulos de JEMs e um nacional a Copa das Federações, pode ser o segundo a obter tal honraria. Sem dúvidas, nenhum atleta maranhense no tênis de mesa, conquistou tanto quanto Hiago nesse ano de 2019, isso já é motivo de grande orgulho para todo povo Tuntuense. 
Hiago e seu pai Marcus Vinicius
Independente do resultado de amanhã, todos os familiares e amigos, toda a nossa querida tuntum muito se orgulha com o tão sublime resultado consquistado. Parabéns Hiago, Tuntum inteiro está na torcida por mais uma conquista.