sábado, 18 de agosto de 2018

Polícia prende 5 envolvidos no assalto ao Bradesco de Buriticupu



A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), deflagrou operação em Buriticupu e prendeu parte dos envolvidos no assalto ao Banco Bradesco, ocorrido no último dia 1º, quando foram explodidos caixas eletrônicos.

Nos últimos dias, dando continuidade às investigações deflagradas logo após o crime, equipes do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF) efetuaram inúmeras diligências na cidade de Buriticupu.

Essas diligências possibilitaram a identificação e prisão de cinco envolvidos no delito, em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pelo juízo local.
Os assaltantes presos foram identificados como Renato Dos Santos Silva, Pedro Alves Da Silva Neto, José Ribamar Araújo Gomes, Jocel Lucena De Sousa e Jaime Dos Santos Almeida.

Os presos são da cidade de Buriticupu e davam apoio a outros assaltantes oriundos do estado do Pará. Cada um deles tinha uma função específica dentro da quadrilha: Pedro Neto era informante e fazia o levantamento sobre o abastecimento da agência, além de atuar como motorista; José Gomes estabelecia as rotas de fuga; e Jocel Sousa, o ‘Grande’, comprava os mantimentos.

Na residência de Jocel, os policiais apreenderam apreendida uma espingarda calibre 12, empregada na ação, munições de diversos calibres, um revólver e roupas camufladas.
Uma equipe do DCRIF já havia encontrado uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38, também usados pelos criminosos. As armas foram abandonados nos dias subsequentes ao ataque criminoso que explodiu a agência do banco.  

A ação criminosa contou com a participação de cerca de 15 criminosos. As investigações terão continuidade com vistas a capturar os demais envolvidos e apreender o restante do armamento empregado na ação.

Os presos estão sendo autuados em flagrante na Delegacia Regional de Santa Inês, onde ficarão custodiados, à disposição da Justiça. A transferência para o Complexo de Pedrinhas dependerá da existência de vagas.

Essa foi a quarta explosão a agência bancárias no Maranhão em 2018. Foram também registradas três explosões de carros-fortes no interior do estado.
GilbertoLima

Flávio Dino tem 70% dos votos em Imperatriz, mostra nova pesquisa Interpreta




O governador e candidato à reeleição Flávio Dino tem 70,42% dos votos válidos na cidade de Imperatriz, de acordo com a mais recente pesquisa Interpreta, feita a pedido do Jornal Correio. Os números foram divulgados na edição deste sábado (18) do jornal.

Roseana Sarney aparece com 23,33% das intenções de voto, contra 3,54% de Roberto Rocha, 2,08% de Maura Jorge, 0,42% de Odívio Neto e 0,21% de Ramon Zapata.

A pesquisa também mostra que o governo Flávio Dino é aprovado por 71,04% dos eleitores; e 19,20% não aprovam. Outros 9,76% não responderam.

A pesquisa Interpreta foi realizada no dia 10 de agosto e está registrada no TSE sob o número MA-07496/2018. Foram entrevistadas 625 pessoas, e a margem de erro é de 4 pontos porcentuais.
JonhCutrim

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Daniella Tema faz caminhada e abre comitê de campanha em Presidente Dutra


Amanhã, sábado (18), a candidata a deputada Daniella Tema (DEM) estará em Presidente Dutra. No início da manhã, a partir das 7h, acompanhada da ex-prefeita Irene Soares, Daniella visitará o mercado municipal onde conversará com feirantes e populares. A agenda da candidata na cidade se intensificará até as 19h quando será inaugurado seu comitê de campanha, localizado na avenida José Olavo Sampaio. Nas duas oportunidades haverá um bandeiraço e entrega de adesivos.
Para os organizadores e membros de seu comitê de campanha, daqui para frente ela empreenderá um ritmo mais forte de atividades em todos os municípios em que é apoiada.  

Imagens do Dia: Flávio Dino começa campanha nas ruas


O governador e candidato à reeleição, Flávio Dino (PCdoB) deu a largada de sua campanha no município da Raposa. A caminhada percorreu ruas do município da Grande São Luís. Nesta quinta-feira (17) ele estará em Imperatriz e região tocantina.

PorClodoaldoCorrea

Daniella Tema é recebida calorosamente em Gonçalves Dias e participa do I Seminário da Agricultura Familiar

A primeira dama de município de Tuntum, Daniella Tema, candidata a deputada estadual pelo Democrata (25456), participou na quarta-feira (15), de grande encontro de agricultores.  Foi o primeiro seminário da agricultura familiar realizado no município de Gonçalves Dias, onde Daniella foi recebida calorosamente.
Daniella Tema falou para grande multidão, dizendo que muito se compadece dos sofrimentos e da grande batalha do homem do campo, e o quanto quer ajudá-los a vencer essa grande luta, como deputada estadual.
A candidata Daniella Tema está pleiteando uma cadeira na Assembleia Legislativa Estado do Maranhão, para poder trabalhar em benefício do povo do Maranhão, especialmente dos carentes que acreditam em sua força para melhorar de vida.
O prefeito Cleomar Tema, que também estava no evento e fez uso da palavra, reiterou as palavras de Daniella e prometeu  que estará sempre presente nas lutas e que seu governo em Tutum está realizando todas as suas promessas de campanha.
O prefeito Cleomar Tema está no quinto mandato de prefeito de Tuntum, onde naquela cidade nunca perdeu uma eleição e acumula grande experiência no campo político e administrativo do município da região Central do Estado do Maranhão.
Daniella Tema foi recebida pelo o ex-vereador Edilson Alves, atual presidente da Cooperativa.  O ato contou com a presença do gerente do Banco do Brasil, João Xavier; do gerente do Banco do Bradesco, Acácio Neto, Edimilson Alves, sócio da cooperativa e representante da associação, do vereador Baltasar Barros, líder do governo na Câmara municipal de Gonçalves Dias.

Por SueldaSantos

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

FHC não descarta união de PT e PSDB contra Bolsonaro no 2º turno: ‘Não teria nenhuma objeção


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse não descartar um apoio entre seu partido, o PSDB, e o PT caso o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, chegue ao segundo turno. O capitão da reserva lidera as pesquisas de intenção de voto no cenário sem o ex-presidente Lula.

“Espero que o PSDB vá para o segundo turno e acho que o PT espera a mesma coisa, mas dependendo das circunstâncias, eu não teria nenhuma objeção a isso”, disse FHC em entrevista à rádio Jovem Pan.

O tucano afirmou ainda nunca ter fechado portas para nenhum tipo de relacionamento com partidos e que não vê com bons olhos a polarização PT-PSDB, que considerou um caso antigo.

“Eu acho bom mesmo é ter mais abertura, discutir, variar. Democracia é assim, eu não sou favorável a um estado de beligerância permanente”.

Sobre o registro da candidatura do ex-presidente Lula, Fernando Henrique foi enfático ao dizer que ele está inelegível pela lei e que o PT sabe disso.

“O PT sabe que o resultado vai ser o que a lei manda. É inelegível, não tem jeito”, conclui



ELEIÇÕES 2018 – Conheça o Programa de Governo de Flávio Dino


O candidato do PCdoB à governador do estado do Maranhão, Flávio Dino, protocolou, na semana passada, seu plano de governo para a reeleição. A divulgação do documento é item obrigatório para registro de candidaturas no Brasil desde 2009, com a promulgação da Lei federal 12.034.


No documento, Flávio Dino afirma que o “Programa de Governo, formulado para o período 2019-2022, é resultante da interlocução permanente com a população e do acompanhamento da situação econômica, social e ambiental no nosso estado, durante toda a nossa gestão. Mais recentemente, esse processo de interlocução tem sido enriquecido com as escutas feitas a homens e mulheres maranhenses em eventos como os Diálogos Regionais; Diálogos Setoriais Temáticos; Rodas de Conversas com estudiosos e pesquisadores sobre as políticas públicas, realizados no período da pré-campanha/2018; e documentos de diferentes categorias profissionais, partidos políticos, gestores públicos municipais e dos movimentos sociais que nos apresentaram as suas proposições”.

Clique aqui e confira as 65 propostas do Programa de Governo de Flávio Dino.

IMAGEM DA MANHÃ: Josivan Sem Terra é empossado vereador

Presidente Nélson do Naxin empossando o vereador Josivan Sem Terra

Agora sim, Josivan Carvalho Bílio, o Josivan Sem Terra (PT), é vereador de fato e de direito. A posse foi dada por volta das 9h, na sala da presidência, pelo presidente Nelson do Naxin. O líder sem terra fica no cargo provisoriamente pelo período de 120 dias em substituição ao seu sobrinho Josinaldo Carvalho Bílio Júnior (PSDB), filho do Chefe de Gabinete Josinaldo Bílio, seu irmão. O vereador Júnior Bílio pediu afastamento para tratar de assuntos particulares.
Semana passada o vereador Josivan Sem Terra usou as Redes Sociais para anunciar sua posse, que terminou não acontecendo por não haver agendamento prévio junto a presidência da Câmara. A atitude regimental do presidente ao não dar posse ao então suplente deixou-o constrangido e chateado.
A posse é uma atribuição exclusiva do presidente, cabendo somente a ele deliberar sobre o assunto, marcando o dia e a hora de sua realização, fato que não havia acontecido para a devida ocasião. Em contato com o blog do Lobão, Josivan afirmou que está assumindo e que durante esse período muita coisa vai mudar, serão dias de alegria para ele e angustia para alguns. "Esses dias que vou passar provisoriamente como vereador será de muita alegria pra mim, mas tenha certeza que será de muita angustia para alguns vereadores", disse. Essa é a segunda vez que Josivan Sem Terra ocupa o cargo, na primeira ele foi eleito com expressiva votação. 

Veja o ranking dos dez candidatos mais ricos destas eleições no Maranhão


O Blog do Domingos Costa fez uma varredura nas declarações de bens de todos os candidatos que disputam estas eleições no Maranhão, seja para governador, vice, deputado, senador e suplentes. Diante das informações o Blog elaborou um ranking dos dez políticos maranhenses que declararam os maiores valores em riqueza ao sistema de candidaturas no DivulgaCandContas do Tribunal Regional Eleitoral de Maranhão (TRE/MA), até a data final para o registro de candidaturas, nesta quarta-feira (15). Confira abaixo o ranking dos candidatos mais ricos do Maranhão:

10º

PorDomingosCosta

Raquel Dodge pede ao TSE que barre candidatura de Lula



A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, pediu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta quarta-feira (15) que a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República seja rejeitada. Ela afirmou que o ex-presidente “não é elegível”.

O questionamento de Dodge será analisado pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do pedido do registro da candidatura de Lula no TSE.

Na petição apresentada ao TSE, Dodge afirma que Lula não é elegível, o que impede que ele seja tratado juridicamente como candidato e também não permite que o pedido de sua candidatura seja considerado sub judice (sob análise da Justiça).


Segundo a lei vigente, o cidadão que tenha sido condenado por órgão colegiado nos últimos oito anos perde a capacidade eleitoral passiva. É o caso do requerente, que foi condenado criminalmente pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Raquel Dodge, procuradora-geral da República

“Disso deve decorrer a rejeição liminar do requerimento, sem qualquer outro efeito jurídico que o habilite a ser considerado candidato sub judice ou a pretender o financiamento de sua candidatura com recursos públicos, que são destinados apenas a financiar campanhas dos elegíveis”, escreveu Dodge.

No documento, Dodge apresenta uma certidão emitida pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), a segunda instância da Lava Jato, que confirmou a condenação de Lula determinada pelo juiz federal Sergio Moro, da primeira instância, na Justiça Federal do Paraná.

Condenado em segunda instância, Lula está, em tese, inelegível pela Lei da Ficha Limpa. (UOL)




quarta-feira, 15 de agosto de 2018

JEMS: atletas tuntunenses surpreendem no tênis de mesa e conquistam ouro, prata e bronze



Equipe de atletas de tênis de mesa de Tuntum surpreende na etapa estadual dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), disputado em São Luís, capital, no decorrer da semana passada. Participaram representando a escola Complexo Educacional as alunas Ana Beatriz da Silva Costa e Maria Cecília Ferreira da Silva; representando a escola Santa Gianna Beretta Molla competiram Hiago Vinicius Andrade de Sousa e Luís Guilherme Andrade de Sousa.
Nessa modalidade esportiva as disputas se deram em duplas simples, por equipe e individual. As garotas representantes do Complexo Educacional obtiveram êxito por equipe e conseguiram trazer a medalha de bronze. Em dupla simples os alunos da Escola Beretta Molla foram mais longe e ficaram com a medalha de prata depois de um difícil jogo contra os representantes da escola São Francisco de Nova Olinda. Essas foram as primeiras medalhas conquistadas por Tuntum nessa modalidade.
 
Se já estava bom, melhor ficou ainda com a conquista do ouro pelo aluno Luís Guilherme. O atleta da escola Beretta Molla demonstrou competência e deixou para trás todos os favoritos, trazendo de forma inédita a medalha de ouro na competição individual. Além da surpreendente conquista, Luís Guilherme ganhou o direito de representar o município e o estado na competição nacional que acontece no mês de novembro em Natal, capital do Rio Grande do Norte.
Para Luís Guilherme e Hiago, ambos de 12 anos, a competição ainda não acabou, os dois voltam a disputar o maranhense mirim nos dias 25 e 26 desse mês. Todos os participantes da etapa estadual receberam o apoio do prefeito Dr. Tema e do Secretario de Esporte Lazer, Veridiano Carvalho, o Pimenta. 


Imagem do Dia: mesmo preso, Lula é registrado candidato a presidente

Foto Reprodução
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso pela Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo envolvendo um tríplex no Guarujá, registrou oficialmente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a sua candidatura a um terceiro mandato como presidente da República – ele foi eleito pela primeira vez em 2003 e reeleito em 2006.
O ato do registro, feito no final da tarde desta quarta-feira (15) foi acompanhado por cerca de 4.000 manifestantes, segundo a Polícia Militar, que ocuparam o entorno do TSE – a grande maioria é formada por militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e por outros movimentos sociais que apoiam o petista.
A chapa foi registrada com o nome “O Povo Feliz de Novo”. O ex-presidente Lula foi identificado como “torneiro mecânico” no quadro “ocupação” (veja reprodução da ficha abaixo).
O pedido de registro foi entregue pela presidente do partido, a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR), o vice formal na chapa de Lula, Fernando Haddad, a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) – que será a vice de fato tanto no caso de Lula ter a candidatura confirmada quanto na hipótese de ele ser barrado pela Justiça e substituído por Haddad – e a ex-presidente Dilma Rousseff.
Em discurso antes de entrar no TSE para registrar a candidatura, Gleisi manteve o tom de que o ex-presidente é um “preso político”. Segundo a senadora, o registro ocorre “a despeito dos que não queriam, dos que deram o golpe e tiraram Dilma, dos que tiraram os direitos dos trabalhadores, dos que julgaram e condenaram Lula sem provas. Estamos aqui hoje de cabeça erguida para dizer a eles que não tivemos medo, acreditamos no povo brasileiro e na caminhada que nos propusemos a fazer e estamos aqui pelos direitos do povo”.
Já Haddad afirmou que o registro da candidatura “põe fim ao golpe de 2016 (impeachment de Dilma), que abalou os alicerces da nossa democracia”. Para o ex-prefeito paulistano, não há nenhum dispositivo que impeça a candidatura do ex-presidente de ser registrada.
Sobre como será a campanha sem Lula, Haddad e Manuela disseram que vão se dividir em viagens nos estados para tentar compensar a falta de participação nos debates eleitorais. “Somos militantes e estamos no lugar que sabemos estar. Fazendo campanha, pedindo voto e dizendo que o Brasil pode ser feliz de novo”, disse.
Em relação à participação nos debates eleitorais, Haddad falou que o desejo do partido é que o “próprio Lula participe”“O Código Eleitoral é claro ao dizer que Lula tem o direito de participar de [propagandas no] rádio e TV”, declarou.
Questionado sobre se o fato de estar em campanha nas ruas não dá a impressão de que ele já assumiu a candidatura do PT à Presidência da República, Haddad afirmou que vice “tem direito de fazer campanha”. “Vocês estão diminuindo a posição do vice”, brincou. Sem citar o nome do presidente Michel Temer (MDB), ele ironizou: “Vice é uma coisa importante, sobretudo se for leal.”
Haddad também foi perguntado a respeito da Lei da Ficha Limpa e afirmou que “o caso de Lula é particular”. “Ele está completamente protegido por um dispositivo da própria Lei da Ficha Limpa que garante recursos em casos como o dele, no qual há flagrante cerceamento do direito de defesa e julgamento muito parcial”, afirmou.
Fonte: VEJA

Flávio Dino 61%, Roseana 32%, Roberto Rocha 3%, Mura Jorge 1%, diz pesquisa DataIha/Difusora


O governador do Maranhão e candidato à reeleição Flávio Dino (PCdoB) venceria as eleições de outubro no primeiro turno, é o que mostra a pesquisa realizada pelo Instituto DataIlha divulgada nesta quarta-feira (15), no programa Na Hora D da TV Difusora.

Flávio Dino aparece com 61,76% dos votos válidos, em segundo está Roseana Sarney (MDB) com 32,93%, em terceiro aparece Roberto Rocha (PSDB), com 3,19%, Maura Jorge (PSL) tem 1,14%, Odívio Neto (PSOL) 0,61% e Ramon Zapata (PSTU) aparece em último com 0,37%.
Na votação nominal, que considera os indecisos, brancos e nulos, Dino também aparece na frente, com 51,1%. Nesse cenário, Roseana Sarney foi escolhida por 28,1% dos entrevistados, seguida por Roberto Rocha, com 3,0%; Maura Jorge, com 1,4%. Ramon Zapata e Odívio Neto aparecem com 0,5% cada um. Não souberam ou não responderam somaram 9,8%. Brancos e nulos 5,6%.
Essa é a terceira pesquisa DataIlha/Difusora divulgada esse ano. A anterior foi publicada em maio e já apontava vitória de Dino no primeiro turno com 60,03% dos votos válidos.
A pesquisa mediu ainda o nível de satisfação da gestão Flávio Dino entre os maranhenses. Segundo o DataIlha, o atual governo é aprovado por 60,92% dos maranhenses e 39,08% disseram não aprovar a administração Dino. Na votaç tem aprovação de 58,32% e não é aprovado por 37,41 dos entrevistados. Não responderam ou não souberam responder somaram 4,27%.
A pesquisa foi realizada com 2.037 maranhenses em 36 cidades entre os dias 4 e 6 de agosto desse ano, a pesquisa DataIlha/Difusora foi registrada no TSE sob o número MA-03307/2018. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.
PorDomingosGosta

Todos os candidatos já registrados no TRE-MA



      

Os últimos pré-candidatos restantes fizeram hoje o registro de suas chapas ao Governo do Estado. O senador Roberto Rocha (PSDB) e a ex-prefeita Maura Jorge (PSL) optaram pelo registro eletrônico, via internet, a exemplo do governador Flávio Dino (PCdoB) e da ex-governadora Roseana Sarney (MDB). Odívido Netto, do Psol, por sua vez, foi pessoalmente ao Tribunal Regional Eleitoral, a exemplo do candidato do PSTU, Ramon Zapata.
De acordo com a assessoria de Roberto Rocha, o senador pretende realizar um ato público, hoje, em frente ao TRE. Ele terá como vice a deputada estadual Graça Paz (PSDB).
O plano de governo de Maura Jorge foi anexado juntamente com o pedido de registro da candidatura. No documento, a pré-candidata a Governadora diz que lutará pelo crescimento do Maranhão, preparando o estado para crescer com investimento em infraestrutura, educação, saúde e segurança pública. Maura Jorge diz ainda que vai investir nas potencialidades de cada região do estado.
“Lutaremos pelo crescimento. Prepararemos o estado para crescer, investiremos na infraestrutura, na educação, na saúde e segurança dos maranhenses. Sabemos que o crescimento vai exigir que as infraestruturas existentes funcionem melhor, sejam mais eficientes. Essa melhora promoverá a produtividade e como consequência aumentará a eficiência da economia como um todo”, declara Maura Jorge.
O senador Roberto Rocha (PSDB) registrou sua candidatura tendo o nome de sua vice-governadora, Graça Paz (PSDB). A coligação de Rocha tem seis partidos: PSDB, PMN, PHS, DC, Rede e Pode.
Além da dupla principal foram confirmados os nomes dos dois senadores da coligação. Alexandre Almeida (PSDB) e Zé Reinaldo Tavares (PSDB) também foram registrados em seu pedido de candidatura.
A coligação “Vamos sem medo de mudar o Maranhão” será composta pelo PSOL e o PCB. Também foram confirmados os nomes do professor Saulo Pinto (PSOL) e do servidor público Iego Bruno (PCB) para as duas vagas no Senado Federal.
“Vamos inverter as prioridades, os recursos do Estado são para investir no povo, na classe trabalhadora e não em mega projetos, que só favore ricos. Nós vamos governar com o apoio do povo, vamos decidir junto com o povo”, afirmou Odívio.
DoImirante

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Lula 'simplesmente não é, e nem pode ser, candidato', diz MPF


  • Candidato do PT ao Planalto, Lula está preso desde 7 de abril em Curitiba
    Candidato do PT ao Planalto, Lula está preso desde 7 de abril em Curitiba
Em parecer apresentado ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), o MPF (Ministério Público Federal) reafirmou que considera o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) inelegível. A manifestação foi feita na segunda-feira (13) dentro de ação em que o fotógrafo Ricardo Stuckert, que acompanha Lula há 16 anos, pediu para entrar na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba e fazer registros fotográficos e em vídeo do petista, além de entrevistá-lo.
"Importante enfatizar não haver qualquer dúvida jurídica de que a condenação em segundo grau (...) inviabiliza a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva. Então, ele simplesmente não é, e nem pode ser, candidato", escreveu o procurador regional Mauricio Gotardo Gerum no parecer.
O ex-presidente está preso na sede da PF desde 7 de abril. Condenado em segunda instância no processo do tríplex, Lula está inelegível. Contudo, o PT irá registrar sua candidatura ao Planalto na quarta-feira (15) no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), limite do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral. A Corte deve definir a situação do petista até 17 de setembro.

Primeira instância negou

A juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula, já havia negado o pedido na primeira instância. Agora, o pedido tramita no TRF-4, onde tramita a segunda instância da Lava Jato.
Uma vez inelegível, absolutamente descabida a concessão de entrevistas na condição de pré-candidato ao cargo de Presidente da República
Mauricio Gotardo Gerum, procurador regional
O procurador pontua que Lula "encontra-se cumprindo pena provisória em regime fechado, cerceado de sua liberdade e de todos os direitos que dela decorrem, como o de participar de um pleito eleitoral e dos consequentes atos de campanha."
No parecer, Gerum diz que o direito de Lula ter contato com o mundo exterior "vem sendo rigorosamente observado" por meio das visitas de familiares, amigos e advogados, e também "por meio de correspondência escrita, da leitura e de outros meios de comunicação que não comprometam moral e os bons costumes."
Sobre entrevistas, o procurador afirma que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que a Lei de Execuções Penais não normatizou as hipóteses de comunicação do preso, "dentre as quais não consta o direito de se entrevistar com jornalistas".
O pedido foi elaborado pelo advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira, que representa o fotógrafo na ação e é o responsável pelo registro da candidatura de Lula no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Casagrande Pereira dizia que a solicitação não fazia "respeito à prática de atos de campanha", mas ao "interesse público coletivo em ter conhecimento da situação do ex-presidente dentro do encarceramento".
Procurado pelo UOL a respeito do parecer, o advogado não se manifestou até o momento.
A situação deverá ser analisada pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato no TRF-4. Não há prazo para que isso aconteça.
DoUol

Veja quantos deputados estaduais cada uma das 12 coligações deve eleger no Maranhão


Prognóstico do Blog leva em consideração potencial político eleitoral de cada partido, e naturalmente, composição nas coligações.

Amanhã, quarta-feira, dia 15 de agosto, é o último dia para os partidos e coligações registrarem candidaturas. No Maranhão foram formadas nada menos que 12 (doze) coligações para a disputa de assentos nas 42 cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.
Nos últimos dias o blog do Domingos Costa ouviu atentamente experientes analistas e chegou a conclusão – baseada nos nomes e o potencial político eleitoral de cada candidato – que as coligações apresentadas devem eleger, teoricamente, deputados estaduais da forma apresentada acima.
Flávio Dino com 16 partidos divididos em quatro coligações deve fazer maioria esmagadora dos deputados, no total de 28 parlamentares; Roseana ficará em segundo, com 05 (cinco) partidos em apenas uma chapa deve eleger 07 (sete) parlamentares.
Maura Jorge com 02 (dois) partidos desmembrados em duas coligações, deve eleger 02 (dois) em cada, totalizando 04 (quatro) eleitos. Já Roberto Rocha com 06 (seis) partidos bateu cabeça e formou 03 (três) coligações e deve eleger 03 deputados estaduais, pois, uma delas não conseguirá alcançar o coeficiente.
Outras duas coligações dos minúsculos PSTU e PSOL, como historicamente, não elegerão ninguém.

Amanhã a análise do Blog será nas coligações para a Câmara Federal. Até lá…
PorDomingosCosta